26 de abr de 2013

30

Entrevista: Ricardo Valverde

Bom dia galera... Como vocês estão?
Hoje tem novidade no Diamante Negro.. Nossa PRIMEIRA entrevista realizada... O entrevistado foi um de nossos autores parceiros, o Ricardo Valverde... Vamos conferir? (Leia Mais)
Conte-nos um pouco sobre você:
O que faz nos tempos livres?
São raros (risos). Adoro ir ao cinema, ouvir e tocar música, ficar com os amigos e ler muito.
Fora a escrita e a leitura, tem alguma outra paixão?
Sim. E acho isso muito importante. Descobrir novas paixões é uma delas (risos). Todos nós somos capazes de amar infinitamente e fazer inúmeras coisas com grande carinho. Amo viajar, tocar contrabaixo e ver filmes.

Escritor:
Quando começou a escrever?
Desde pequeno sou apaixonado pelas palavras, páginas, capas e até pelo cheiro dos livros. Nas noites mal dormidas eu costumava ir até a cozinha, encher um copo de suco de laranja e rubricar palavras, frases e pensamentos em um caderno velho, surrado, mas que eu gostava muito. Na época, eu deveria ter por volta de 16 anos. O mais divertido é olhar pra lá e ver o quanto não dormir me fez um cara feliz (risos).

Por que começou a escrever?
“Se não existissem os livros eu não teria nascido neste planeta”. Esta talvez seja a frase que meus pais e meus amigos mais me ouviram dizer ao longo da minha vida. Eu amo fazer isso! Quando minhas ações, sonhos e aspirações me levaram para a literatura, eu simplesmente sabia que tinha encontrado o meu destino.

Já sentiu vontade de desistir da escrita?
Jamais. Quando se ama o que se faz, toda dificuldade se torna um estímulo. Gosto muito desse pensamento, que acho que traduz esse caminho:
“O verdadeiro corredor esquece que está numa corrida, ele corre por que ama correr”.

O que te motiva?
Escrever para mim é como uma oração, um alimento. Passou a ser uma necessidade vital, tal como respirar. Eu busco inspiração em tudo o que está ao meu redor. Não vejo meios de ser diferente já que nosso mundo é repleto de beleza e mergulhado em segredos, crenças e inúmeros mistérios. E quando amamos o que fazemos algo que não conseguimos mensurar e nem explicar parece chuviscar em nossas mãos ferramentas como “intuição, criação e determinação”. Nós só temos o trabalho de colocar tudo isso em prática.

O que mais gosta em ser escritor?
O principal é viver fazendo o que gosta. Vivemos em um mundo repleto de belezas, mas às vezes ouvimos pouco o que nossa voz interior nos fala. E ela constantemente nos chama para fazermos aquilo que amamos independente do resultado esperado. Acho importante pararmos um pouco e darmos escuta a essa voz. Todas as manhãs, bem como a maior parte das madrugadas eu a escuto me dizendo: “Escreva”. E eu a obedeço (risos)!!!!

Você se considera um bom escritor?
Sou um cara muito dedicado e que não me canso de aprender. Acho que estou melhorando, no caminho certo para me tornar um bom escritor. A ideia é essa (risos).

Livros:
Fale-nos um pouco sobre seus livros:
“2012 – O menino que previu o apocalipse” conta a história de Michael, um garoto meigo, doce e sonhador, que vive no Cairo com o pai desde pequeno. Coincidência com a data do apocalipse (palavra que significa revelação), o menino nasceu no dia “21 de dezembro” de 1995, em Roma, na Itália. Às vésperas de completar 11 anos, Michael conhece uma senhora chamada Sybila, que vive dentro de uma caverna no Monte Sinai e passa a ser atacado por visões sobre o futuro. Dentre essas profecias, destaca-se a morte de pessoas próximas, catástrofes e o fim do mundo no dia em que completaria 17 anos de vida. Além de tudo isso, Michael vive um lindo romance com Catarina, a quem fez uma promessa.
Esse livro figurou entre os 15 mais vendidos do país, em abril de 2012, o que me trouxe muita felicidade.
“2012 – O segredo do Monte Negev” corresponde à sequência de “2012 – O menino que previu o apocalipse”, mas não se trata de uma continuação linear, tampouco temporal. Os dois romances correm paralelamente e se entrelaçam por meio dos acontecimentos e do encontro entre os personagens. Esse livro é contado por um padre Franciscano, Horácio, que recebe a missão de ir até Negev, um deserto inóspito, localizado logo após o deserto da Judéia, em Israel, para tentar resgatar uma profecia milenar, que revela um possível retorno de Cristo a Terra, na pele de uma menina, às vésperas da data do apocalipse. Mas, talvez o maior segredo do livro seja a revelação da verdadeira identidade desse padre.

Qual foi sua principal fonte de inspiração nos últimos livros escritos?
Sou um apaixonado por Nostradamus desde os meus 17 anos de idade. Estudei sua vida, seus feitos e a maioria de suas profecias, o que me levou a conhecer outros povos e a estudá-los também. Conheci um pouco sobre a vida dos Maias, dos Egípcios, Índios Holpi, Essênios, Hindus e tantos outros. Na verdade, as duas histórias vieram ao meu encontro e os dois romances acabaram nascendo naturalmente.
Viagens:
Conte-nos sobre suas viagens de estudos:
Estive em lugares lindos e que eu sempre tive vontade de conhecer. Em 2009, com o objetivo de ambientar o “2012 – O menino que previu o apocalipse” e criar os personagens com mais veracidade, viajei para Roma e Egito. O mais interessante de toda a viagem foi ficar hospedado no mesmo bairro onde o Michael (protagonista do primeiro livro) morava, em Midan Tahrir, bem próximo ao Museu do Cairo. Além disso, tive a oportunidade de fazer uma grande amizade, Nassar, que se tornou um personagem na história e a quem dediquei o livro. Ele me mostrou um Egito diferente do turístico, apresentando suas tradições, hábitos e manifestações culturais. Foi maravilhoso!
O mesmo ocorreu em 2011, quando me lancei a Terra Santa e conheci Israel. O objetivo aqui era passar a limpo a vida de Jesus e caminhar por onde ele havia caminhado, já que o livro “2012 – O segredo do Monte Negev” conta sobre seu possível retorno ao nosso mundo. Não podia ter sido mais lindo!

O que mais gostou nos lugares que conheceu?
Embora todos os lugares visitados sejam lindos e repletos de paisagens e construções maravilhosas, eu sempre gosto mais das pessoas. Os que me acolheram, os que me ajudaram com explicações e os que se tornaram meus amigos.
Eu costumo sempre responder assim, quando perguntado a respeito do sucesso em relação aos livros e das minhas viagens: “Se eles estão me trazendo amigos, eu estou no caminho certo”.

Muito obrigado! Um grande abraço!
Ricardo Valverde.


Quem vocês queriam ver entrevistado aqui no DN? Comente!

30 comentários:

  1. Muito legal a entrevista!

    edeesmalte.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei da entrevista flor, parabéns pelo blog

    Aguardo a sua visita, e já estou seguindo.
    beijos
    Blog M de Moda

    ResponderExcluir
  3. adoorei a entrevista!
    me visita?http://menina--estilosa.blogspot.com.br/
    bjinhooos

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista!
    Beijos
    Cléo de Lucca
    minhaamigamedisse.blogspot.com.br
    Instagram: @minhaamigamedisse_fashionblog

    ResponderExcluir
  5. Super bacana a entrevista.
    Beijos.

    andreakubiki.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a entrevista
    Muito legal

    Um BEIJO
    suavemalicia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei a entrevista, nunca li nenhum livro dele.

    Beijos,
    placestyle.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não li nenhum ainda... Mas ouvir dizer que são muito bons...

      Excluir
  8. Achei muito boa a matéria *--*

    Quando puder dá uma passadinha no meu blog, tem posts novos por lá...você e seus leitores serão recebidos de braços abertos por mim.

    Beijinhos de Morango!

    http://sorriso-jovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou... Tô passando no seu blog... Beijão!

      Excluir
  9. Show!
    Muito bom poder conhecer melhor os autores e sua obras!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim... Foi muito legal fazer a entrevista com ele *o*

      Excluir
  10. Muito bom. Adoro ler sobre a jornada das pessoas até a conclusão do sonho.

    Post novo, venha conferir!!!
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim... Muito interessante ficar sabendo isso ^^

      Excluir
  11. Curti <3

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Escrever pra mim também virou uma necessidade, hihi.
    Muito boa a entrevista.
    http://ceudeoutubro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Acho incrível essa parceria dos autores com blogueiros.
    Não conhecia o Ricardo Valverde, muito bacana a entrevista.


    Tecido Doce

    ResponderExcluir
  14. Que legal a entrevista.

    rabiiiscosnopapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Que legal, amei a entrevista!

    bjss

    http://deliriosdeumcloset.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Sinta-se à vontade para comentar :P
- Todos os comentários serão aceitos. Mas lembre-se: Palavrões, chingamentos, comentários como "Seguindo, segue de volta?" deixam feia a sua própria imagem,
- Temos páginas explicando nosso sistema de parceria, afiliação e divulgação e também alguns de nossos conteúdos. Não deixe de olhar!
- Qualquer assunto mais sério nos envie um email que está na página "contato"
- Deixe o link de seu blog para que possamos retribuir ^^

Beijos e Volte Sempre ^^